Recent Posts

Magazine

Smoke

Natural

Feature

Video News

A forma correta de escrita da palavra é deem, sem acento circunflexo. Deem é a forma conjugada do verbo dar na 3.ª pessoa do plural do presente do subjuntivo. A palavra dêem, com acento circunflexo, está errada desde a entrada em vigor do Novo Acordo Ortográfico, em janeiro de 2009.

Verbo dar – presente do subjuntivo:
(Que eu) dê
(Que tu) dês
(Que ele) dê
(Que nós) demos
(Que vós) deis
(Que eles) deem

Exemplos com deem
É urgente que eles deem a confirmação.
Deem ou não deem valor, o que eu faço é importante!
Eu quero que eles deem uma olhada no documento.
O verbo dar se refere ao ato de pôr outra pessoa na posse de algo, de organizar um evento, de transmitir informação, de realizar uma ação, de ser a causa de algo, de suceder um acontecimento, de ter como consequência, de se dedicar, de ter uma relação harmoniosa, de ser suficiente, de bater, de dar conta de, entre outros. Possui vários significados, sendo frequentemente utilizado pelos falantes.

Dar tem sua origem na palavra em latim dare e é sinônimo de conceder, doar, oferecer, fornecer, realizar, informar, originar, provocar, realizar-se, resultar, aplicar-se, adequar-se, bastar, bater, entender,…

Deem e o acordo ortográfico
Segundo o acordo ortográfico, já não deverá ser utilizado o acento circunflexo em verbos com conjugações da 3.ª pessoa do plural terminadas em –eem.

Antes da reforma ortográfica: eles dêem, eles vêem, eles crêem, eles lêem, …
Depois da reforma ortográfica: eles deem, eles veem, eles creem, eles leem, …

Têm e vêm: não confundir!
As formas conjugadas dos verbos vir e ter (e seus derivados) na 3.ª pessoa do plural do presente do indicativo mantêm o acento circunflexo, visto serem terminadas em -em e a retirada do acento circunflexo ter ocorrido apenas nas palavras terminadas em -eem. Assim, conjuga-se: eles têm, eles vêm, eles mantêm, eles detêm,...

Exemplo com terminação -êm
Elas têm saudades de você!
Os viajantes vêm amanhã para o Rio de Janeiro.
Eles detêm todo o poder, não há nada que possamos fazer.
Palavra relacionada: dar.

Fica a Dica:

Currículo profissional, para você baixar e editar, um ótimo modelo, para Word, totalmente indispensável, muito útil, bem elaborado, organizado, basta você baixar este modelo e fazer as edições de acordo com as suas necessidades e desejos.

Mexendo em meus arquivos, acabei achando este currículo, pensei que seria de grande utilidade, então resolvi compartilhar este arquivo, creio que será bem útil.

Mesmo que você não vá utilizar, mas sempre tem um amigo(a) que acaba precisando destes recursos, seja para enviar por email diretamente aos Recursos  Humanos, hoje em dia essa é uma prática bastante normal muitas empresas oferecem estes procedimentos, o que acaba facilitando bastante.

Um modelo simples e bem preciso, um currículo com recursos objetivos, onde em poucas palavras você diz muito sobre a sua vida profissional e ao seu respeito, totalmente produzido para que seja lido rapidamente, o que poderá ser bastante agradável para os consultores dos recursos humanos, recheado de informações realmente relevantes.

Para baixar basta acessar Modelo De Currículo Profissional Para Word

Assista ao Vídeo: Como Fazer um Currículo de Sucesso!


Boa sorte!

Deus te abençoe sempre!
Erros gramaticais e ortográficos devem, por princípio, ser evitados. Alguns, no entanto, como ocorrem com maior frequência, merecem atenção redobrada. O primeiro capítulo deste manual inclui explicações mais completas a respeito de cada um deles.



Veja os 27 mais comuns do idioma e use esta relação como um roteiro para fugir deles (FILHO, 1992).

1. “Mal cheiro”, “mau-humorado”'. Mal opõe-se a bem e mau, a bom. Assim: mau cheiro (bom cheiro), mal-humorado (bem-humorado). Igualmente: mau humor, mal-intencionado, mau jeito, mal-estar.

2. “Fazem” cinco anos. Fazer, quando exprime tempo, é impessoal: Faz cinco anos. / Fazia dois séculos. / Fez 15 dias.

3. “Houveram” muitos acidentes. Haver, como existir, também é invariável: Houve muitos acidentes. / Havia muitas pessoas. / Deve haver muitos casos iguais.

4. “Existe” muitas esperanças. Existir, bastar, faltar, restar e sobrar admitem normalmente o plural: Existem muitas esperanças. / Bastariam dois dias. / Faltavam poucas peças. / Restaram alguns objetos. / Sobravam ideias.

5. Para “mim” fazer. Mim não faz, porque não pode ser sujeito. Assim: Para eu fazer, para eu dizer, para eu trazer.

6. Entre “eu” e você. Depois de preposição, usa-se mim ou ti: Entre mim e você. / Entre eles e ti.

7. “Há” dez anos “atrás”. Há e atrás indicam passado na frase. Use apenas há dez anos ou dez anos atrás.

8. “Entrar dentro”. O certo: entrar em. Veja outras redundâncias: Sair fora ou para fora, elo de ligação, monopólio exclusivo, já não há mais, ganhar grátis, viúva do falecido.

9. “Venda à prazo”. Não existe crase antes de palavra masculina, a menos que esteja subentendida a palavra moda: Salto à (moda de) Luís XV. Nos demais casos: A salvo, a bordo, a pé, a esmo, a cavalo, a caráter.

10. “Porque” você foi? Sempre que estiver clara ou implícita a palavra razão, use por que separado: Por que (razão) você foi? / Não sei por que (razão) ele faltou. / Explique por que razão você se atrasou. Porque é usado nas respostas: Ele se atrasou porque o trânsito estava congestionado.

11. Vai assistir “o” jogo hoje. Assistir como presenciar exige a: Vai assistir ao jogo, à missa, à sessão.  Outros verbos com a: A medida não agra-dou (desagradou) à população. / Eles obedeceram (desobedeceram) aos avisos. / Aspirava ao cargo de diretor. / Pagou ao amigo. / Respondeu à carta. / Sucedeu ao pai. / Visava aos estudantes.

12. Preferia ir “do que” ficar. Prefere-se sempre uma coisa a outra: Preferia ir a ficar. É preferível segue a mesma norma: É preferível lutar a morrer sem glória.

13. O resultado do jogo, não o abateu. Não se separa com vírgula o sujeito do predicado. Assim: O resultado do jogo não o abateu. Outro erro: O prefeito prometeu, novas denúncias. Não existe o sinal entre o predicado e o complemento: O prefeito prometeu novas denúncias.

14. Não há regra sem “excessão”. O certo é exceção. Veja outras grafias erradas e, entre parênteses, a forma correta: “paralizar” (paralisar), “beneficiente” (beneficente), “xuxu” (chuchu), “previlégio” (privilégio), “vultuoso” (vultoso), “cincoenta” (cinquenta), “zuar” (zoar), “frustado” (frustrado), “calcáreo” (calcário), “advinhar” (adivinhar), “benvindo” (bem-vindo), “ascenção” (ascensão), “pixar” (pichar), “impecilho” (empecilho), “envólucro” (invólucro).

15. Quebrou “o” óculos. Concordância no plural: os óculos, meus óculos. Da mesma forma: Meus parabéns, meus pêsames, seus ciúmes, nossas férias, felizes núpcias.

16. Comprei “ele” para você. Eu, tu, ele, nós, vós e eles não podem ser objeto direto. Assim: Comprei-o para você. Também: Deixe-os sair, mandou-nos entrar, viu-a, mandou-me.

17. Nunca “lhe” vi. Lhe substitui a ele, a eles, a você e a vocês e por isso não pode ser usado com objeto direto: Nunca o vi. / Não o convidei. / A mulher o deixou. / Ela o ama.

18. “Aluga-se” casas. O verbo concorda com o sujeito: Alugam-se casas. / Fazem-se consertos. / É assim que se evitam acidentes. / Compram-se terrenos. / Procuram-se empregados.

19. “Tratam-se” de. O verbo seguido de preposição não varia nesses casos: Trata-se dos melhores profissionais. / Precisa-se de empregados. / Apela-se para todos. / Conta-se com os amigos.

20. Chegou “em” São Paulo. Verbos de movimento exigem a, e não em: Chegou a São Paulo. / Vai amanhã ao cinema. / Levou os filhos ao circo.

21. Atraso implicará “em” punição. Implicar é direto no sentido de acarretar, pressupor: Atraso implicará punição. / Promoção implica responsabilidade.

22. Vive “às custas” do pai. O certo: Vive à custa do pai. Use também em via de, e não “em vias de”: Espécie em via de extinção. / Trabalho em via de conclusão.

23. Todos somos “cidadões”. O plural de cidadão é cidadãos. Veja outros: caracteres (de caráter), juniores, seniores, escrivães, tabeliães, gângsteres.

24. O ingresso é “gratuíto”. A pronúncia correta é gratúito, assim como circúito, intúito e fortúito (o acento não existe e só indica a letra tônica). Da mesma forma: flúido, condôr, recórde, aváro, ibéro, pólipo.

25. A última “seção” de cinema. Seção significa divisão, repartição, e sessão equivale a tempo de uma reunião, função: Seção Eleitoral, Seção de Esportes, seção de brinquedos; sessão de cine-ma, sessão de pancadas, sessão do Congresso.

26. Vendeu “uma” grama de ouro. Grama, peso, é palavra masculina: um grama de ouro, vitamina C de dois gramas. Femininas, por exemplo, são a agravante, a atenuante, a alface, a cal, etc.

27. “Porisso”. Duas palavras, por isso, como de re-pente e a partir de.




A Zeta Informática é uma empresa consolidada em Bragança Paulista - SP e já atendeu a milhares de clientes em toda Região Bragantina e Sul de Minas Gerais.

Em Novembro de 2016 Zeta Informática Contrata Desenvolvimento de Sites e Gerenciamento de Rede Social visando crescer e driblar a crise pela qual todos passamos, mas "com um planejamento de marketing bem elaborado, poderemos crescer sem medo da crise." Explicou na época o proprietário Matheus.

Hoje passada a crise e atendendo cada vez mais clientes a Zeta Informática evoluiu seu atendimento e ampliou seu suporte atendendo clientes de Extrema - MG e toda a Região Administrativa de Campinas - SP.

"Com nosso crescimento antecipamos a renovação de nossa hospedagem de sites com a Érico Guimarães Profissionais Associados, estamos felizes com o trabalho do Érico e com nossa ampliação precisamos ter profissionais de confiança ao nosso lado, para a Zeta Informática a crise já passou!", declarou o proprietário Matheus.

Com a renovação dos serviços de Hospedagem de Sites para 2018, a Zeta Informática se mantem preparada para o sucesso que vem pela frente!

52 Dicas para passar em Provas e Concursos



Confira uma seleção de dicas muito úteis sobre como passar em concursos públicos!


1. ATENÇÃO: SE VOCÊ NÃO SEGUIR ESSAS DICAS... ALGUÉM SEGUIRÁ!


2. A HORA É AGORA!

Não se deixe enganar. A vida passa rapidamente. Não podemos ficar
perdendo tempo para realizar nossos sonhos. Se você pensa que concurso é
como carnaval, que acontece todo ano, você acabará passando muitos
carnavais e aniversários vendo seus amigos comemorarem o sucesso na
faculdade, enquanto você fica de fora vendo o bonde passar. Não deixe
para amanhã quando você pode passar hoje!

3. PASSAR NO CONCURSO É UM OBJETIVO DE VIDA

Se quiser passar no vestibular/Concurso, você deve transformá-lo no seu maior
objetivo no momento. Abra mão de uma série de atividades como visitas a
parentes e amigos. A preparação exige uma certa dose de egoísmo.
Ninguém fará a prova por você. Você estará lá sozinho. Quando alcançar
o sucesso, todos elogiarão sua dedicação e força de vontade. Então, mãos à

4. CONSIGA O APOIO DE SUA FAMÍLIA

O seu estudo depende da compreensão e apoio daqueles que o rodeiam.
Quando você passar, todos que vivem com você terão a satisfação de ter
um aprovado dentro do lar. Convença-os disso e de que precisa conseguir o
máximo de tempo para estudar. A aprovação deve ser uma meta e uma
conquista da família. O carinho dos pais e do(a) namorado(a) conforta e
diminui o estresse.

5. NÃO DÊ ATENÇÃO A BOATOS

Quase todo concurso gera a proliferação de histórias fantásticas: há pessoas
que compraram as vagas, o gabarito vazou... Não perca tempo com esses
boatos, preocupe-se somente com o concurso. Não dê ouvidos a
comentários que possam desmotivá-lo. O importante é continuar
estudando. Faça a sua parte!

6. SACRIFIQUE ALGUMAS ATIVIDADES

Se você nada, faz inglês, dá aula de catecismo e trabalha voluntariamente
em um hospital, você não terá tempo para estudar. Abandone tudo o que
puder. Deixe todas essas atividades - e muitas outras para depois da prova.
Mas, até lá, só deve haver uma meta: o concurso! Não considere o concurso
como mais uma atividade, ele deve ser a atividade!

7. FIQUE POR DENTRO

No concurso costumam aparecer questões sobre atualidades, inclusive como
tema de redação. Preste atenção nos fatos econômicos, acontecimentos
políticos e sociais mais recentes, tais como conflitos raciais, religiosos e
culturais. Para se manter bem informado, leia boas revistas e um bom
jornal em sua cidade. Atualmente o poder está nas mãos daqueles que
detêm a informação. No concurso não é diferente. Fique ligado!

8. SEJA CHATO

Época de preparação para o concurso é um período de total dedicação.
Então: só fale no concurso; só pense no concurso; sonhe com o concurso;
alimente-se do concurso; viva para o concurso; Depois, quando você
passar, todos dirão que fez a coisa certa e será considerado um cara
superinteligente e superlegal.

9. SAIBA INVESTIR

Não pense em comprar milhares de livros, apostilas e toda a parafernália à
disposição no mercado de concursos. Não compre por ser barato; compre
por ter um bom texto explicativo, por ser atualizado e por conter questões
de concursos. Compare as opções e escolha pelo critério qualidade. Peça
opinião ao seu professor quanto ao material que deseja adquirir. Material
não é custo, é investimento!

10. ESTUDAR PARA CONCURSOS PÚBLICOS, ENEM E VESTIBULAR É UMA ATIVIDADE PENOSA

Estudar requer dedicação, paciência e zelo. Isso significa frequentar
cursinhos, perder festas, ficar trancado em um quarto por horas a fio,
enquanto o Sol brilha lá fora e seus amigos o chamam para sair. Todavia,
há uma recompensa, que será comemorada com uma festa maior que todas
que você perdeu. Esse é o sacrifício para a conquista do seu futuro!

11. NÃO DESPERDICE O SEU TEMPO

Todo minuto é precioso numa preparação para o concurso. Abra mão das
atividades que o afastarem excessivamente do estudo. Relaxar é preciso,
mas da forma adequada. Ir a festas e chegar de madrugada pode fazê-lo
perder boa parte do dia seguinte. Prefira atividades leves, que distraiam a
sua mente sem estressá-lo ou sujeitá-lo a esforços físicos exagerados. Não
perca tempo! Otimize seu dia!

12. NÃO MENOSPREZE OS OUTROS CANDIDATOS

Às vezes, os candidatos ao nosso redor não estão se dedicando e achamos
que o concurso será fácil. Não se iluda! Pelo Brasil afora são milhares de
candidatos e muitos seguem dicas de como as que você está lendo. Então,
cuidado, não pense que é o único que está verdadeiramente querendo
passar em concurso. Estude pois: Há muitos que também estão
empenhados!

13. TENHA PACIÊNCIA

As coisas quase nunca acontecem na velocidade de desejamos. Assim, para
manter seu ânimo, enfrente com paciência as adversidades que forem
surgindo, tais como demora na entrega de livros que pedimos pelo correio,
uma "perda de tempo" muito grande para absorvermos determinados
assuntos, o ritmo de certas matérias do cursinho... Encare com naturalidade
essas coisas e procure administrá-las da melhor maneira possível.

14. DIGA NÃO ÀS DROGAS

Não use artifícios químicos para se manter acordado estudando ou se
acalmar na hora da prova. Esses elementos podem diminuir sua capacidade
de concentração, bem como sua capacidade de aprendizado. Assim, se tiver
sono, tome um banho ou faça alguns exercícios de alongamento. Não
brinque com sua saúde nessa fase de preparação. No dia de prova você
precisa estar 100%! Portanto, pense bem antes de ingerir doses cavalares de
café, guaraná ou calmantes.

15. FUJA DA TELEVISÃO

Cuidado: a telinha tão amiga pode tomar tempo demais. Você sabe que é
impossível assistir, caiu na armadilha: "só mais esse programa". Não se
deixe levar. Você precisa de tempo e de estar descansado. Se você for
viciado em futebol ou novela, discipline-se, só assista ao compacto do jogo
ou peça que contem o capítulo da véspera. TV - quanto menos, melhor!

16. MAS NÃO FUJA TANTO

Já vimos que nesse período de preparação para concurso, todo tempo deve
ser aproveitado. Portanto, se você insiste em ver televisão, aproveite para
acordar mais cedo (cinco ou seis da manhã, que tal?) e assista às aulas do
telecurso. Outra boa idéia é alugar fitas de vídeo didáticas. Essas são
algumas maneiras de relaxar aprendendo.

17. ENCONTRE GUIAS DE ESTUDO

Muitas vezes, em meio ao milhão de matérias qque precisamos estudar,
ficamos baratinados, sem saber por onde começar. Um cursinho pode ser
uma boa saída, pois dita um ritmo e direciona o estudo. Mesmo que não
cubra todos os detalhes, mostra o que deve ser estudado e aprimorado em
casa. Em um cursinho, você conhecerá pessoas que poderão indicar livros e
lhe fornecer provas já realizadas e novos exercícios.

18. PROGRAME O SEU DIA-A-DIA EM FUNÇÃO DO CONCURSO

Não perca aulas do cursinho ou colégio devido a outras obrigações. O
tempo planejado de estudo e as aulas são o que há de mais importante no
momento. Comprometa horários do seu dia para estudar. Não abra
exceções. Fuja daquelas idéias: "só hoje..."; "isso só acontece uma vez por
ano...". Esse esforço é o preço do sucesso. O seu dia e sua rotina devem ser
planejados para que você obtenha o máximo de tempo possível para
estudar. A conquista do seu futuro!

19. NÃO SE APRESSE

Estudar sempre que pode não significa ler mil páginas por semana. Seja
incansável, mas não apressado. Leia com calma, entenda os conceitos,
resolva muitas questões sobre cada tema. Preocupe-se em assimilar as
informações, não apenas em obtê-las. Assim, seu objetivo deve ser
aprender e não acabar o livro. Leia com atenção linha a linha e faça
resumos: Apreenda o que você estudou!


20. SEJA UM POUCO ANTI-SOCIAL

Aprenda a recusar convites. Não se sinta obrigado a almoçar com colegas
ou coisas do gênero. Não importa que o chamem de estranho. Quando
passar no concurso, virará excêntrico. Não importa que o chamem de
neurótico: é melhor ser um neurótico aprovado do que um suposto normal
frequentando o cursinho de novo...


21. SEJA EGOÍSTA (OU QUASE...)

Deixe por uns tempos de visitar parentes distantes, perca festas familiares e
reuniões do gênero. Concurso não rima com badalação. Nessa etapa da
vida, você não pode se dar o luxo de se preocupar demais com o sentimento
alheio. Preocupe-se com o estudo! Se os amigos insistirem, prometa-lhes
um churrasco de comemoração quando sair a lista de aprovados com o seu
nome. Se forem de fato amigos seus, eles o entenderão.


22. ESTUDAR SOZINHO?

Professores e colegas podem ajudá-lo, mas você precisa de um tempo para
estudar sozinho. Há detalhes da matéria que necessitam de amadurecimento
e só são de fato apreendidos através de uma análise individual. Por outro
lado, pode ser interessante manter um pequeno grupo (até três pessoas)
para resolver e discutir exercícios. Um grupo empenhado funciona como
um elemento motivador, que auxilia a manutenção do ritmo e do interesse.

23. SEJA CONFIANTE

Da mesma maneira que não podemos desprezar nossos concorrentes, não
devemos nos achar incapazes. Não tenha pena de você. Mergulhe de
cabeça no concurso, valorize sua capacidade e acredite no seu potencial.
Se não acreditar em você, ficará mais complicado envolver sua família e
seus amigos no processos de preparação. Sendo confiante, conseguirá
preservar e ganhará paciência para enfrentar as dificuldades que surgirem.


24. DIGA-ME COM QUEM ANDAS

Procure, nesta etapa de preparação, ter amigos com o mesmo objetivo.
Vocês servirão de apoio uns para os outros e poderão se reunir para discutir
exercícios. Dividirão os problemas, compartilhando o que há em bom e
ruim nesta fase da vida de vocês. Forme um círculo de amizades que o
ajude a estudar e o afaste de distrações inúteis.

25. DESCUBRA SEU CAMINHO

Cada pessoa tem características diferentes, que determinam quais os
melhores meios de se colher e assimilar informações. Se perceber que suas
táticas de estudo estão falhando, tente outros métodos. Há pessoas que
aprendem mais ouvindo, outras fazendo resumo, outras através de
associações e algumas comparando situações opostas. Não existe um meio
perfeito para todos. Encontre seu método e seu horário para otimizar o
aprendizado.

26. JUNTE-SE AOS MELHORES

Não se compare com aqueles que não têm chance. Não adianta estar entre
os 30% melhores. Você deve fazer parte do grupo de elite. Se fizer
simulados, compare-secom os primeiros lugares. Converse com os
melhores alunos do seu cursinho: veja como eles estudam, o material que
usam. Entre para o grupo deles. Quando atingir esse nível, você também
será procurado por todos da turma. Isso é sinal de que tem grande chance!


27. TENHA DISCIPLINA

Procure fazer um planejamento, de modo a obter um ritmo de estudo
progressivo. Organize seu material, prepare-se para uma rotina bem
marcada. Terá que estudar todos os dias por longo período. Se um certo
cansaço bater, resista. Não exagere em festas ou reuniões. Poupe energia
para seu estudo. Valorize o seu dia. Seja moderado, procure maneiras
rápidas de descansar a mente. E, acima de tudo: Mantenha o ritmo!

28. ESTABELEÇA UM MERCADO DE INFORMAÇÕES
Não seja o bonzinho da turma. Não seja aquele que traz as novas, os
exercícios e os bons livros. Compartilhe as informações com aqueles que
compartilham com você. Deve haver uma relação de troca. Não procure, da
mesma forma, só sugar. Isso o afasta das pessoas que possuem os mesmos
objetivos que você e que, certamente, poderiam ajudá-lo.

29. GANHE O SEU DIA, NÃO PERCA A SUA NOITE.

Para ser aprovado no concurso, não é necessário passar a noite em claro,
debruçado sobre os livros, acumulando mau humor e olheiras. Por que não
estudar de dia, reservando a noite para dormir e, quem sabe, sonhar com a
aprovação? Descansado você certamente aumentará a capacidade de
aprender. No entanto, há pessoas que estudam melhor à noite. Se você for
uma dessas pessoas, avalie melhor sua rotina para poder desfrutar de longas
madrugadas junto aos livros.

30. NÃO DESPREZE DISCIPLINA ALGUMA

A sua aprovação depende do sucesso em todas as disciplinas. Não pense
que uma disciplina de pouco peso não deva ser estudada. Todo ponto é um
passo rumo à sua conquista. Notas altíssimas em poucas disciplinas não
irão suprir pontos que perderá em uma disciplina que desconheça. Por não
estudar determinada matéria, você perderá muitos pontos fáceis e poderá
perder sua vaga!

31. TODO LUGAR É LUGAR

Não perca oportunidade de estudar. em filas de banco, no ônibus, nos
intervalos do trabalho, no banheiro: toda hora é uma boa hora. Sempre
tenha à mão algum material. Deixe uma apostila no porta-luvas, carregue
uma pasta com alguns exercícios, mantenha um livro na gaveta do
escritório. Você nunca sabe quando aparecerá um tempinho: aproveite-o!
Em um mês, 15 minutos por dia representam mais de 7,5 horas!

32. FAÇA EXERCÍCIOS

Faça exercícios, faça muitos exercícios. Faça tantos quanto puder. As
provas seguem padrões de questões e exigem rapidez. Por isso, esteja
sempre procurando por novos exercícios, especialmente os que já caíram
em concursos anteriores. À medida que for fazendo os exercícios, aprenderá
a linha de raciocínio da instituição que prepara as provas e isso o ajudará a
selecionar a melhor entre algumas alternativas aparentemente corretas.


33. SEJA SELETIVO

Descubra quais são as matérias em que você pode evoluir mais e fazer mais
pontos. Estudar o que se sabe menos é desgastante, porém pode ser bem
mais lucrativo do que refinar conhecimentos nos campos em que já se
possui uma certa qualificação e se tem muitos pontos garantidos. Vá em
frente e não deixe que as matérias que você desconhece o assustem.


34. SEJA UM DECORADOR

Transforme as paredes e portas de seu quarto em um imenso painel,
colocando trechos e fórmulas das disciplinas para memorizar. O contato
diário com essa nova decoração irá ajudá-lo a fixar a matéria e espantar o
fantasma do "não consigo decorar". Use durex, cola, o que for preciso.

35. ENCONTRE SUA MANEIRA DE RELAXAR

Cada um possui uma maneira própria de relaxar. Evitar exercícios físicos
pesados ou atividades que possam deixá-lo exausto. Dê preferência a
atividades leves, como caminhadas, que ajudam a oxigenar melhor o
cérebro. Chegando em casa, tome um com banho, vista uma roupa leve,
procure seu ninho e... Bom estudo!

36. NUNCA É SUFICIENTE

Nunca pense que já estudou o bastante. Assim, estude mais e mais. Se o seu
concorrente disser que só estuda duas horas por dia fique feliz: ele não é
seu concorrente! Pode ter certeza que aqueles que estão se preparando
seriamente estudam de quatro a oito horas por dia. Interesse-se pelos
assuntos, queira saber sempre mais. Você só descobrirá se sua preparação
foi suficiente no dia da prova. Seja incansável na busca pelo menos de se
superar.

37. MANTENHA O SONHO VIVO

Se você está prestando concurso, deve haver uma boa razão para isso.
Apóie-se nesse motivo para encontrar forças e superar suas dificuldades. Se
estiver cansado, abatido ou desanimado por um problema qualquer, pense
no aspira, no que deseja, no que o faz estudar... Deixe-se envolver por essa
imagem de um futuro promissor, se entusiasme com seu próprio sonho. À
medida que ele for se apoderando de você, mais energia você terá para
estudar.


38. DIMINUA O RITMO NA VÉSPERA

Faltando um ou dois dias paa o dia D, você não conseguirá aprender tudo
que ainda não viu. Chegou a hora de começar a relaxar e de arejar a mente.
Repasse os tópicos sem pressa e superficialmente. Evite atividades que
exijam muita concentração e uma atenção redobrada. Essa capacidade é
extremamente importante para uma boa prova.


39. TEXTOS: LEIA PRIMEIRO AS QUESTÕES

Normalmente, um texto se refere a várias questões. Antes de ler os longos
textos que se apresentam, descubra os pontos que merecem especial
atenção na leitura. Muitas questões sequer exigem a leitura integral do
texto ou do entendimento de todas as passagens. Seja objetivo: A sua meta
é acertas as questões.

40. LEIA ATENTAMENTE AS QUESTÕES

Muitas vezes a resposta está no próprio enunciado ou em questões
seguintes. Por isso, é necessário a máxima atenção. A perfeita interpretação
da questão é fundamental para sua resolução. Quando dor passando pelas
questões, não tente lê-las rapidamente para ganhar tempo. Leia-as com
calma e atenção. Assim, aumentará muito as chances de acerto.

41. NÃO SE APAVORE

No começo do ano, não se angustie com a quantidade de matéria que terá
que estudar. Sendo calmo, poderá fazer um bom planejamento. Quando
estiverem faltando um ou dois meses, não entre em pânico. Isso não
ajudará em nada. Concentre-se para conseguir ler com atenção as suas
apostilas e livros. É hor para seriedade e otimismo - afinal, o vestibular está
chegando e fica cada vez mais concreta a perspectiva de você ser aprovado
e conquistar sua vaga no futuro.

42. NÃO ESTACIONE EM QUESTÕES

Cuidado: se você não souber uma questão, deixe-a para depois. Não fique
gastando minutos preciosos para ganhar apenas um ponto (isso se não
acabar errando de qualquer maneira). Seu subconsciente continuará
processando a questão enquanto você enfrenta as outras. À medida que a
priva for se desenvolvendo, as pendências poderão se resolver. Deixe as
questões difíceis para o final; garanta pontos importantes com as fáceis.

43. NÃO BRIGUE COM AS QUESTÕES

Uma prova tem questões mais fáceis e mais difíceis. Várias são ridículas.
Não perca tempo com elas. Há pegadinhas, mas não deixe neurotizar por
isso nem pense que a prova inteira é composta de pegadinhas. As provas
seguem ideologias e obedecem a padrões de respostas. Não discuta se isso
é certo ou errado. Diga "amém" e marque a resposta que julga conveniente
correta. Não reclame dos elaboradores da prova. Adapte-se!

44. CONHEÇA O LOCAL ANTES DA PROVA

Visite o local da prova alguns dias antes. Se a prova for em uma cidade
diferente da sua, vá com certa antecedência, encontre lugares confiáveis
para comer e um bom alojamento. No local da prova, procure observar se
há fontes de barulho, problemas com iluminação e o tipo das carteiras.
Envolva-se com o ambiente; isso lhe dará uma sensação se segurança e
conforto.


45. NÃO CHEGUE EM CIMA DA HORA

Alguns candidatos não gostam de chegar com muita antecedência. Tenha
em mente, no entanto, que o horário de fechamento dos portões é rigoroso.
Procure estar no local com uma certa folga e leve algo para companhia e da
conversa dos "experientes", que ficam fazendo terrorismo antes da prova na
sala. Se eles fossem tão bons quanto dizem, já teriam passado em muitos
concursos e não estariam ali.

46. ESTABELEÇA-SE COM CONFORTO NO LOCAL EM QUE FARÁ A PROVA

Muitas vezes não fazemos a prova em nossa cidade. Assim, planeje com
antecedência sua ida. Reserve passagem e hotel. Se possível, chegue alguns
dias antes na cidade e descubra locais para almoçar e jantar. Ao chegar na
cidade, ajuste o relógio para o fuso horário local. Converse com um taxista,
enfim, procure fazer de tudo para ter certeza de que estará no local da prova
sem problema algum e sem estar sujeito a surpresas de última hora.


47. O FISCAL NÃO É INIMIGO (NEM AMIGO)

Chegando à sala da prova, cumprimente o fiscal, sem se mostrar
extrovertido demais. Seja educado e, em hipótese alguma, discuta com ele.
Isso lhe trará prejuízo. Ele pode acabar dificultando pequenas coisas. Não
tente ficar amigo, senão ele pode querer, inconscientemente até, observá-lo,
a fim de descobrir se vocês está indo bem ou não. Essa proximidade pode
tirar sua concentração.


48. NÃO TENHA MEDO DE SER EXAGERADO

Para o dia da prova, compre todo o material que achar necessário. Leve
quantas canetas, lápis e grafite achar conveniente. Material pode sobrar,
jamais faltar! Se for errar quanto ao dimensionamento da quantidade de
material, água, etc., erre pra mais. Leve algodão ou mesmo protetores
auriculares. Nunca sabemos quando o barulho pode começar...

49. NÃO CORRA O RISCO DE SE ATRASAR NA MATÉRIA

Às vezes, quando nos defrontamos com tópicos complicados, ficamos
inventando desculpas para interromper nosso estudo. Assim, começamos a
estudar e, em dois minutos, resolvemos tomar um copo d'água; voltamos e,
logo em seguida, lembramos que tínhamos de ligar para algum amigo...
Não faço isso. Não fique perdendo seu tempo. Enfrente os tópicos que lhe
causam problemas!


50. CURTA A PROVA

Não se apresse, não queira se livrar da prova. Passe e repasse as questões.
Há tempo suficiente, por isso não se apresse e não se precipite. Por outro
lado, equilibre o tempo de resolução. Resolva todas as questões óbvias e
fáceis. Deixe as difíceis para depois. Controle o tempo para poder tirar o
máximo proveito de seu breve relacionamento com a prova.


51. A PROVA É DIFÍCIL PARA TODOS

Se começar a resolver a prova e achá-la mais difícil do que esperava, não
entre em pânico. Ela estará difícil para todos. Normalmente aqueles que
acham a prova muito fácil é porque nem conseguiram perceber do que,
verdadeiramente, tratavam as questões. Então não esqueça: A prova é igual
para todos.

52. NÃO SE DEPRIMA...

Uma vez que a prova terminou, esqueça-se dela. Evite pensar e,
especialmente, conversar sobre o tema. Não terá nada a ganhar com isso.
Pense no que virá. Não se torture com o que passou. Não dê atenção
àqueles que dizem que a prova estava fácil. Normalmente, quem fala
demais sabe de menos. Não deixe se impressionar ou deprimir por esses
comentários de concorrentes que só querem fazer terrorismo e tirar um
pouco de sua calma.

BOA SORTE !!!

Confira 5 ótimas dicas sobre como passar em concursos públicos!



DICA 01 - PLANEJAMENTO

Defina exatamente o que você quer, antes de começar uma caminhada, deve-se saber qual será o
destino. Primeiro, escolha o cargo desejado, consulte editais anteriores e traçe seus objetivos.
Planeje sua preparação e seus horários de estudo, decida quais serão os métodos utilizados,
programe simulados e revisões e busque todas informações possíveis sobre como conquistar o
cargo desejado.

DICA 02 - MÉTODO DE ESTUDO

Não adianta estudar sem critérios ou métodos adequados, é melhor 1 hora de estudo bem
aproveitado do que 3 horas de estudo sem concentração, disperso e fora de foco. Procure estudar
sempre em um horário específico, com ambiente calmo e com materiais adequados. Identifique
qual é a sua melhor maneira de absorção da matéria, seja lendo em voz alta, fazendo resumos
ou estudando em grupos e em cursos preparatórios.

DICA 03 - DISCIPLINA

Estabeleça datas e horários específicos para seus estudos e lazer. Cumpra rigorosamente todo o
seu planejamento, desta forma você não se sentirá perdido e nem arrependido por ter deixado de
fazer alguma coisa. Lembre-se que muitos tem o mesmo desejo que você e que só quem tiver
muito esforço e dedicação chegará lá. Então tenha muita determinação em passar e pratique sua
autodisciplina para conquistar o seu objetivo.

DICA 04 - MOTIVAÇÃO

A motivação é fundamental, não é fácil continuar com a mesma motivação durante várias
semanas ou meses, principalmente quando há algumas derrotas e tropeços no caminho. A
motivação é particular e depende de você, procure formas de se motivar, pense em coisas
positivas que acontecerão com você quando conseguir sua aprovação.

DICA 05 - PERSEVERANÇA

Muitos acham difícil começar uma caminhada, mas na verdade começar qualquer coisa é fácil,
difícil é perseverar e continuar, mesmo quando tudo dá errado, quando muitos não acreditam e
quando tudo parece só um sonho. O importante é sempre ir em frente, sem olhar pra trás e
focando sempre no objetivo, com persistência e muita força de vontade. Aprenda com seus erros
e continue, nunca desista que um dia você chega lá.

Livro: OS 5 PASSOS PARA TRANSFORMAR SEU MARIDO NO HOMEM IDEAL
Formato: E-book (PDF) e Audiobook (MP3)
PREÇO: R$19,90 (E-book + Audiobook)
Garantia de Satisfação: SIM (7 dias)



Essa dica de Leitura vai para todas as mulheres casadas.

Seu marido #TemJeitoSim!

Esse Audiobook em MP3 é um guia essencial para toda mulher que está em um relacionamento e pretende descobrir como fazer para transformar seu marido no homem que efetivamente sempre sonhou.

Dividido em 5 capítulos totalmente práticos, e guia lhe ensinará passo a passo de forma simples, direta e eficiente, todos os métodos e técnicas que você precisa saber para obter com seu esposo os resultados que sempre sonhou.


CAPÍTULO 1:

Aprenda como implantar crenças na mente do seu esposo, para que ele a partir de agora respeite e apoie mais suas idéias e princípios.

CAPÍTULO 2:

Aprenda como criar no seu esposo a necessidade pela sua aprovação para que assim ele tenha mais vontade de fazer as coisas que você deseja para te agradar.

CAPÍTULO 3:

Aprenda como fazer seu esposo ser mais paciente com você. Para que o relacionamento entre ambos seja mais agradável.

CAPÍTULO 4:

Aprenda a criar no seu esposo a necessidade pela sua presença e companhia de forma que ele queira estar mais perto de você, te dando mais tempo de qualidade, carinho e atenção.

CAPÍTULO 5:

Aprenda a fazer o seu esposo te valorizar mais te vendo como uma pessoa importante para o sucesso dele. E a restaurar o frio na barriga que havia quando os 2 estavam juntos no início do relacionamento.

Esse é o audiobook que vai mudar seu casamento!


Estudantes devem criar hábito de ler o que escrevem. 
Aluno precisa ser estimulado a ter consciência sobre a escrita.

Certa vez, acompanhando uma criança em um trabalho psicopedagógico que, entre outras questões, apresentava dificuldade em escrever, dei uma olhada em sua produção de textos escolares.

 Em todas as redações que ela trouxe, muitas coisas teriam que ser trabalhadas, de modo que se tornassem legíveis e atingissem o principal objetivo de um texto escrito: comunicar algo.




 Com anos de prática em leitura e em acompanhar crianças que apresentam uma escrita peculiar e não convencional, tive muita dificuldade em ler seus textos. Não só pelo modo como escrevia, mas pelas anotações que a professora havia feito sobre eles, parecendo um verdadeiro rendado vermelho, em que a própria letra da professora não era muito legível.

 Sua técnica de correção era escrever na parte de cima das palavras ortograficamente erradas, em caneta vermelha, sua versão convencional – seja escrevendo a palavra inteira ou apenas a letra que havia sido trocada. E com flechas, riscos e inclusões de outras palavras, indicar como o texto deveria ser escrito. No final, um recadinho de como poderia melhorar. A criança cursava o segundo ou terceiro ano do ensino fundamental.

 Nada era muito claro em sua correção. O que imagino pouco tenha contribuído para que a criança aprimorasse sua escrita, pois seus outros textos continuavam do mesmo jeito. Perda de tempo para professor e aluno. Esse modo dos professores lidarem com o erro, seja ele ortográfico ou não, é muito comum. E pouco significativo para aqueles que estão aprendendo.

A correção da escrita para a criança só terá significado quando ela tomar consciência sobre como ela própria escreve e seu modo convencional. Para isso, ela tem que parar e olhar sua produção, criticamente. O melhor caminho para isso é estimular, desde muito cedo, que os pequenos leiam o que escrevem (queixa comum dos professores em relação aos seus alunos em qualquer idade). Assim, vão poder buscar recursos, dentre os quais a própria professora, de como proceder de maneira diferente para dar um sentido maior ao que escreve e aproximando-se da forma convencional de escrita (sem a qual não haveria comunicação alguma).

Ana Cássia Maturano - Especial para o G1, em São Paulo - Fonte: http://glo.bo/1RgLVLu

Concurso Público SEDUC - Secretaria de Educação, Esporte e Lazer do Estado de Mato Grosso 2017
Concurso Público 2017




APOIO ADMINISTRATIVO EDUCACIONAL

-->> LER Edital

As inscrições para o Concurso Público serão realizadas pela Internet, no site do IBFC - www.ibfc.org.br e encontrar-se-ão abertas a partir da 09:00h do dia 10/07/2017 até às 22h59min do dia 15/08/2017, sendo o dia 16/08/2017 o último dia para o pagamento do boleto bancário, observado o horário de Cuiabá - MT.

--->>> VER Índice da Apostila

Apostila - APOIO ADMINISTRATIVO EDUCACIONAL - Concurso SEDUC MT 2017
Concurso SEDUC MT 2017

Aberto concurso público para Secretaria de Estado de Educação Esporte e Lazer do Estado de Mato Grosso – SEDUC MT, para o cargo de Apoio Administrativo Educacional - Perfil Profissional: Manutenção de Infraestrutura – Limpeza, Nutrição (Merendeira) e Vigilância.

São 1.496 vagas, com remuneração inicial de R$ 1.167,12 a R$ 3.858,71 e carga horária de 30 horas semanais. Para concorrer à vaga o candidato deve possuir nível fundamental.

As inscrições serão realizadas no endereço eletrônico do IBFC, www.ibfc.org.br, no período de 10 de julho de 2017 a 15 de agosto de 2017. A taxa de inscrição é de R$ 43,00.

A prova está prevista para ser realizada no dia 24 de setembro de 2017, nas cidades de Alta Floresta, Barra do Garças, Cáceres, Confresa, Cuiabá, Diamantino, Juara, Juína, Matupá, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste, Rondonópolis, São Félix do Araguaia, Sinop e Tangará da Serra.

Comece a estudar!

COMPRE agora sua Apostila!

Conhecimentos Básicos
- Língua Portuguesa
- Noções de Informática
- Legislação Básica

Conhecimentos Gerais
- História e Geografia do Estado de Mato Grosso
- Noções Básicas de Administração Pública
- Noções Básicas de Ética e Filosofia

Conhecimentos Específicos
- Raciocínio Lógico e Matemático
- Relações Interpessoais
- Noções Básicas de Políticas Educacionais
- Noções Básicas de Saúde e Segurança do Trabalho
- Noções Básicas de Higiene
- Educação Étnico Racial e História da Cultura Afro-Brasileira e Indígena



GRÁTIS: CD ROM de Apoio com Testes, Dicas e 01 (uma) Vídeo Aula de Português e Matemática.
*Disponível na versão digital.

* Pagamento por BOLETOS BANCÁRIOS, o prazo de 1 (UM) DIA ÚTIL, para liberação do download.

** ENVIO IMEDIATO na compra da apostila por download PELO PAG SEGURO - (Após aprovação da análise feita pelo Pagseguro).





A Érico Guimarães Profissionais Associados conta com mais um cliente de peso: Shopping Center Brag.

Localizado em Bragança Paulista o Shopping Center Brag contratou nesta semana dois dos serviços oferecidos pela Érico Guimarães Profissionais Associados: Registro de Domínio de seu mais novo site e o Serviço de Hospedagem de Sites.

"Para nós é sempre uma honra trabalhar com os melhores! Seja bem-vindo!", comentou o CEO da Érico Guimarães Profissionais Associados, o Palestrante Motivacional Érico Guimarães.
Veja os equívocos apontados por organizadores de concursos e vestibulares como os mais cometidos pelos candidatos.


1) Ordenação das ideias

A falta de ordenação é um erro comum e indica, segundo os organizadores de vestibulares, que o candidato não tem o hábito de escrever. O texto fica sem encadeamento e, às vezes, incompreensível, partindo de uma ideia para outra sem critério, sem ligação.


2) Coerência e coesão


Em muitas redações, fica evidente a falta de coerência: o candidato apresenta um argumento para contradizê-lo mais adiante. Já a redundância denuncia outro erro bastante comum: falta de coesão. O candidato fica dando voltas num assunto, sem acrescentar dado novo. É típico de quem não tem informação suficiente para compor o texto.


3) Inadequação


A inadequação é um tipo de erro capaz de aparecer inclusive em redações corretas na gramática e ortografia e coerentes na estrutura. Nesse caso, os candidatos costumam fugir ao tema proposto, escolhendo outro argumento, com o qual tenham maior afinidade. O distanciamento do assunto pode custar pontos importantes na avaliação.


4) Estrutura dos parágrafos


Muitos dos candidatos têm demonstrado dificuldade em separar o texto em parágrafos. Sem a definição de uma ideia em cada parágrafo, a redação fica mal-estruturada. Um erro muito comum, nesse caso, é cortar a ideia em um parágrafo para concluí-la no seguinte. Ou, então, deixar o pensamento sem conclusão.


5) Estrutura das frases


Erros de concordância nos tempos verbais, fragmentação da frase, separando sujeito de predicado, utilização incorreta de verbos no gerúndio e particípio são algumas das falhas mais comuns nas redações. Esses erros comprometem a estrutura das frases e prejudicam a compreensão do texto.

Fonte: http://www.soportugues.com.br/secoes/Redacao/Redacao4.php
Em Janeiro de 2017 a JoãoH. Gráfica e Editora tornou-se nossa mais nova parceira.

A JoãoH. Gráfica e Editora vai inaugurar essa parceria em maio deste ano com sua 1ª publicação: "As 7 Cartas do Apocalipse", do Escritor Teólogo João Gomes.

O livro é uma exegese Bíblica, onde o autor aborda com clareza e profundidade o contexto histórico cultural, lições e verdades espirituais da Igreja de Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Filadélfia, Sardes, Laodiceia.

O autor faz dissertações coerentes em expor seu comentário com base na hermenêutica Bíblica.

João Gomes é Presbítero da Assembleia de Deus-Ministério de Perus em Bragança Paulista, Conferencista, escritor e professor superintendente da escola dominical, pesquisador incansável das Escrituras no contexto léxico gramatical, tipologias e mistérios do Apocalipse.

Para nós dá Érico Guimarães Profissionais Associados é uma grande honra trabalhar com essa editora e prestar serviços a um escritor tão importante.



Esse ou Este? Esta ou Essa? Isto ou Isso?

Constantemente, quando lemos ou escrevemos, nos deparamos com uma dúvida: devo usar Esse ou Este? Esta ou Essa? Isto ou Isso?

“Esse” ou “este” são pronomes demonstrativos que têm formas variáveis de acordo com o número ou gênero. A definição de pronomes demonstrativos demonstra muito bem a função desses: são empregados para indicar a posição dos seres no tempo e espaço em relação às pessoas do discurso: quem fala (1ª pessoa) e com quem se fala (2ª pessoa), ou ainda de quem se fala (3ª pessoa). Neste último caso, o pronome é aquele (aquela, aquilo).

Vejamos: 1ª pessoa: este, esta, isto; 2ª pessoa: esse, essa, isso e 3ª pessoa: aquele, aquela, aquilo.

a) Esteesta isto são usados para objetos que estão próximos do falante. Em relação ao tempo, é usado no presente.

Exemplos: Este brinco na minha orelha é meu.
Este mês vou comprar um sapato novo.
Isto aqui na minha mão é de comer?

b) Esseessaisso são usados para objetos que estão próximos da pessoa com quem se fala, ou seja, da 2ª pessoa (tu, você). Em relação ao tempo é usado no passado ou futuro.

Exemplos: Quando comprou esse brinco que está na sua orelha?
Esse mês vai ser de muita prosperidade!
Isso que você pegou na geladeira é de comer?
Quando ficar com dúvida a respeito do uso de “esse” ou “este” lembre-se: “este” (próximo a mim, presente) e “esse” (distante de mim, passado e futuro).

Profa. Tathiane Romanelo
Licenciada em Letras
Revisora de Textos
Prezados, 
Preciso enviar meu currículo para uma empresa multinacional mas tenho dúvida se escrevo mini-currículo ou minicurrículo. Qual forma é a correta?
Marco Alexandre Andrade - Niterói-RJ



A forma correta é minicurrículo!




Após os prefixos: macro, mega, mini, micro, multi, hidro, socio, tele, as palavras não devem apesentar hífen, como nos exemplos:

  • Minissérie
  • Multimídia
  • Minissaia
Conforme o Novo Acordo Ortográfico essas palavras devem ser escritas unidas.

Por isso, quando for concorrer a uma vaga de emprego antes de enviar seu "minicurrículo" revise o texto e prepare-se para a entrevista. Boa sorte!

Serviço de Formatação segundo as normas da ABNT


Principalmente em um trabalho acadêmico existem várias exigências a serem cumpridas com relação à sua formatação. Isso requer um tempo que nem sempre se tem disponível, além de suscitar algumas dúvidas que podem acabar comprometendo o andamento do trabalho.




A Érico Guimarães Profissionais Associados, com experiência acadêmica e profissionalismo, formata TCCs, artigos científicos, monografias, dissertações, teses, entre outros trabalhos acadêmicos, de acordo com as exigências da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), órgão responsável pela normatização técnica no país, ou conforme determina sua Instituição de Ensino Superior.


FORMATAÇÃO DE TRABALHOS EM BRAGANÇA PAULISTA - SP

Adequação às normas técnicas, de acordo com os padrões exigidos. 
- Normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) 
- Normas de Vancouver 
- Organização textual conforme normas de sua instituição de ensino.


Formatação ABNT, Vancouver ou Diagramação de Livros com ATENDIMENTO ONLINE

Estou em Bragança Paulista, São Paulo, e atuo desde 2003 com Serviços de Revisão de Textos e Formatação de Trabalhos para estudantes de todo o Brasil. Também atendo editoras.

Solicite um orçamento gratuito, será um prazer oferecer o melhor custo-benefício em serviços de Formatação de Textos!

Solicite já um orçamento gratuito. Será um prazer auxiliá-lo(a)!

professor.erico@gmail.com

(011) 94244-7083

Segundo a ABNT “de forma sistematizada, a normalização é executada por organismos que contam com a participação de todas as partes interessadas (produtores, consumidores, universidades, laboratórios, centros de pesquisas e Governo). Um organismo de normalização tem como principal função a elaboração, aprovação e divulgação de normas, que devem ser colocadas à disposição do público”.

Sendo assim, o objetivo da normatização de textos acadêmicos, tanto por parte da ABNT quanto das Instituições de Ensino que possuem suas próprias regras de formatação, é padronizar os trabalhos, facilitando o entendimento dos avaliadores e a organização dos discentes e docentes.

A Érico Guimarães Profissionais Associados tem o pacote mais completo de serviços profissionais para a produção de seu trabalho acadêmico. Com larga experiência, adquirida ao longo de seus mais de 20 anos de existência e mais de 150 publicações produzidas, a Érico Guimarães Profissionais Associados está apta a atender as necessidades específicas de sua Instituição de Ensino mantendo elevado grau de qualidade, comprometimento, responsabilidade e transparência.

Para que você não tenha dificuldades, preocupações e perda de tempo no processo de normalização de seu trabalho acadêmico, a Érico Guimarães Profissionais Associados, além de adequar seu trabalho às regras que impostas, oferece o serviço de revisão técnica de textos.

Revisão de textos e Normalização ABNT é com a Érico Guimarães Profissionais Associados!


Normas da ABNT 2017

Normas da ABNT Atualizadas para a Elaboração de Trabalhos Acadêmicos, TCC, Monografias, Artigos, Teses, Dissertações, Etc.

As Normas da ABNT visam a padronização na elaboração de trabalhos acadêmicos (TCC, monografias, dissertações, teses, artigos, etc.). Lidar com essas normas é comum na vida acadêmica, universitária e de alguns cursos técnicos, porém sua aplicação demanda tempo e paciência. Encontrar tais Normas disponíveis de forma organizada na internet é um ponto negativo considerável e o outro é a constante adequação destas Normas de acordo com a sua necessidade. O primeiro obstáculo está resolvido nesta postagem na qual elas estão compiladas. Já o segundo depende exclusivamente da dedicação e vontade de fazer um trabalho padrão, zelando pela qualidade e consequentemente uma aprovação teórica do conteúdo.


Para solicitar orçamento para Normatização ABNT de seu trabalho acadêmico, entre em contato.

Para visualizar e baixar a Norma basta clicar no título correspondente:

ABNT NBR 15287 de 2006 – Projeto de Pesquisa - Estabelece os princípios gerais para apresentação de projetos de pesquisa.

ABNT NBR 14724 de 2011 – Trabalhos Acadêmicos - Especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos (teses, dissertações e outros), visando sua apresentação à instituição (banca, comissão examinadora de professores, especialistas designados e/ou outros) e aplica-se, no que couber, aos trabalhos acadêmicos e similares, intra e extraclasse.



ABNT NBR 6028 de 2003 – Resumo - Estabelece os requisitos para apresentação de resumos.


ABNT NBR 6027 de 2012 – Sumário (Obs.: link para download automático do arquivo) - Especifica os princípios gerais para a elaboração de sumários em qualquer tipo de documento.


ABNT NBR 6024 de 2012 – Numeração progressiva das seções - Especifica os princípios gerais de um sistema de numeração progressiva das seções de um documento, de modo a expor em uma sequência lógica o inter-relacionamento da matéria e permitir sua localização. Se aplica à redação de todos os tipos de documentos, independentemente do seu porte, com exceção daqueles que possuem sistematização própria (dicionários, vocabulários, etc.) ou que não necessitam de sistematização (obras literárias em geral).


ABNT NBR 10520 de 2002 – Citações - Especifica as características exigíveis para apresentação de citações em documentos.



ABNT NBR 6023 de 2002 – Referências - Estabelece os elementos a serem incluídos em referências; fixa a ordem dos elementos das referências e estabelece convenções para transcrição e apresentação da informação originada do documento e/ou outras fontes de informação; destina-se a orientar a preparação e compilação de referências de material utilizado para a produção de documentos e para inclusão em bibliografias, resumos, resenhas, recensões e outros; não se aplica às descrições usadas em bibliotecas, nem as substitui.


ABNT NBR 6034 de 2004 – Índice - Estabelece os requisitos de apresentação e os critérios básicos para a elaboração dos índices. Ela aplica-se, no que couber, aos índices automáticos.


ABNT NBR 12225 de 2004 – Lombada - Estabelece os requisitos para a apresentação de lombadas e aplica-se exclusivamente a documentos em caracteres latinos, gregos ou cirílicos. Tem por finalidade oferecer regras para a apresentação de lombadas para editores, encadernadores, livreiros, bibliotecas e seus clientes e aplica-se, no que couber, a lombadas de outros suportes (gravação de vídeo, gravação de som etc.).

ABNT NBR 15437 de 2006 – Pôsteres Técnicos e Científicos - Estabelece princípios gerais para apresentação de pôsteres técnicos e científicos.


ABNT NBR 6022 de 2003 – Artigo em publicação periódica científica impressa - Estabelece um sistema para a apresentação dos elementos que constituem o artigo em publicação periódica científica impressa.


IBGE. Normas de apresentação tabular. 3. ed. Rio de Janeiro, 1993 - Fixam conceitos e procedimentos aplicáveis à elaboração de tabelas de dados numéricos, de modo a garantir a clareza das informações apresentadas (Fonte: e-Radiologia).

Formatação de Livro


Diagramação (ou paginação) é o ato de diagramar (paginar) e diz respeito a distribuir os elementos gráficos no espaço limitado da página impressa ou outros meios.
A diagramação de publicações costuma seguir as determinações de um projeto gráfico, para que, entre outras coisas, se mantenha uma identidade em toda a publicação*.




A Érico Guimarães Profissionais Associados oferece a autores independentes, editoras, jornais, universidade e outras entidades o serviço de Formatação de textos, garantindo um tratamento profissional e refinado ao material impresso ou publicação on line.

Entre em contato agora!

A Formatação de livros não é tarefa simples, requer tempo, disponibilidade e profissionais voltados somente para esta função, estrutura que nem sempre as editoras possuem. 

Mas a Érico Guimarães Profissionais Associados oferece a você todas as condições de ter seu livro com o design de acordo com o que você deseja.

Além disso, completamos o trabalho fazendo uma revisão completa de seu livro, observando toda a estrutura gramatical e detectando eventuais desvios, por exemplo, de pontuação, acentuação, coesão e coerência.

Formatação Vancouver

As normas de Vancouver são normas para apresentação de artigos propostos para publicação em revistas médicas. Elaboradas pelo Comitê Internacional de Editores de Revistas Médicas, apresenta questões éticas, de conduta, direitos do autor, citações e referências e normas de preparação de manuscritos. 


As normas são instruções para os autores sobre o modo como preparar manuscritos a ser enviado para o editor, facilitando a leitura e avaliação dos artigos recebidos, e não instruções para os editores sobre o estilo de publicação. As referências seguem o padrão ANSI da National Library of Medicine dos Estados Unidos**.


Érico Guimarães Profissionais Associados oferece a você a segurança de um tratamento personalizado e profissional aos seus textos e apresentações internacionais com a revisão técnica de textos e a normalização ABNT e Vancouver.

Revisão de Textos e Formatação é com a Érico Guimarães Profissionais Associados!

*Fonte: Wikipedia
**Fonte: www.pucminas.br/documentos/normalizacao_artigos.pdf

Labels

Achieve Language Analista de Suporte Técnico Ansiedade Antoine de Saint Exupèry Apostila Artigo Artigos Aula de Língua Portuguesa Aula Show Aulas Aulas de Inglês Auto-ajuda Avaliação Avaliação de Redação Bragança Paulista Breno Isernhagen Cartão de Visitas Charlie Chaplin Chefe Seattle Clélia Gomes Cliente Clientes Clipping Como Fazer como passar em concursos públicos Concurso Público Conto Copydesk correção de monografia Bragança Paulista correção de trabalhos acadêmicos Bragança CrieAtivo Estúdio de Design Crônicas Currículo Cursos in Company Data Clima Ar Condicionado Deem Desemprego Desenvolvimento de Apostila Desenvolvimento de Cursos Desenvolvimento de Logotipos Desenvolvimento de Material Didático Desenvolvimento de Sites Designer Gráfico Destaque Cidade Dhieily Gularte Diagramação de Livros Dica de Leitura Dicas DICAS DE PORTUGUÊS Dinâmica “quebra-gelo” para o início das aulas Dinâmicas Dinâmicas para as aulas de Inglês Discursos Downloads Downloads de E-book Dúvidas de português dúvidas sobre a língua portuguesa Edital Editora Exhort El Shadai Facilities Elaboração de Textos para Web Empreendedorismo Encontro de Casais Ensino-aprendizagem Entrevista Erico Guimarães Guglielmo Escrita Eu Recomendo Fazer o bem sem olhar a quem Formatação ABNT Formatação de Livro Formatação Vancouver Frases GeOito Publicidade e Marketing Gerenciamento de Rede Social Gerenciamento de Redes Sociais google Google Agenda Google Calendar Gramática Grupo QAP Guia de Atibaia e Região Hardware Hospedagem de Sites HTML IBAV IBBN Igreja Batista Água Viva Igreja Batista Boas Novas Igreja Batista da Lagoinha Informática Institucional Jack Canfield Jejum 00/21 Jejum 01/21 Jejum 02/21 Jejum 03/21 Jejum 04/21 Jejum 2018 João Gomes JoãoH. Gráfica e Editora Jornal do Comércio Jornal Sabadão do Povo Lançamento Leitura Leitura e Produção de Textos Lençóis Paulista Letramento lexico Língua Portuguesa Línguas Logística Manual Marcos Drawer Marketing Marketing Pessoal Mato Grosso MG Microcamp Tecnologia Micropro Minicurrículo Modelos Modelos de Cartas Modelos de Cartas de Agradecimento Modelos de Documentos Motivação MT Nelson Bíblias Notícia Notícias O Japa Faz Opinião Otimização de Sites Palestra Palestra Motivacional Palestrante Palestrante Motivacional Palestras Parceria PCdoB Pergunte ao Revisor PHS PNL Pomar de Ofertas Português Prêmio Visão Prêmios Pro-Currículo PROCAPE ProCurrículo Profissionais da Imprensa Psicopedagogia Rádio Cidade Atibaia Redação Reflexões Registro de domínio Regus Regus do Brasil Revisão de Site revisão de TCC em Bragança Revisão de Textos revisão ortográfica Revista Metadados São Paulo SEBRAS SEDUC Serviços Shopping Center Brag Sidiney Guedes Sistema Educacional Brasileiro Sonho SP Speech Sul de Minas Gerais Tathiane Romanelo Temas Transversais Textos Edificantes The Great Dictator Universidade Norte do Paraná UNOPAR Vasti Morais Verbo Dar Vídeos Webwriting Workshop Zeta Informática

Prof. Érico Guimarães

Minha foto

é professor e conferencista, com amplo conhecimento e experiência em técnicas de Programação Neurolínguistica (PNL), de motivação, comportamento humano, liderança, vendas, comunicação, atendimento e oralidade. Atua em diversos cursos in company e como consultor na área de comunicação para diversas empresas. Ministra palestras de motivação nas áreas de comunicação, administração, liderança, gestão de pessoas, vendas, atendimento ao cliente, marketing e telemarketing para empresas de todo o Brasil. Além disso é colunista em diversos veículos de comunicação. Para mais informações sobre o trabalho do conferencista acesse: www.ericoguimaraes.com.br.
WhatsApp:
(11) 94244-7083

E-mail:
professor.erico@gmail.com

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Total Pageviews